+351 213 216 500

USPE

Unidade de Saúde Preventiva e Epigenética

A EPIGENETICA E A NUTRIGENETICA COMO RECURSO DE PREVENÇÃO PRIMORDIAL EM SAÚDE PÚBLICA E SUSTENTABILIDADE DA QUALIDADE DE VIDA


É sabido, através dos diversos estudos sobre Epigenética, que os fatores ambientais afetam a fisiologia, a biofísica e a bioquímica do corpo humano, modificando a sua capacidade de recuperação energética (microbiologia e imunidade).

Esse tipo de desarmonia conduz-nos a uma debilidade que permite a entrada oportunista de fungos, bactérias e vírus, originando todo um ambiente inflamatório que nos leva à perda do bem-estar geral e nos conduz ao estado de doença.

O nosso foco está centrado no paciente(doente), onde o indivíduo é abordado como um conjunto de sistemas que se inter-relacionam e que são sujeitos aos fatores ambientais, emocionais, atividade física e hábitos de vida (fatores epigenéticos).

Quando se busca por mudanças dos comportamentos de vida e alimentares a mudança ocorre após os primeiros 21 dias, tempo em que o biorritmo do corpo começa a reorganizar-se para dar início à saúde com mais vitalidade e energia.

A nossa estratégia visa desenvolver, um plano de atuação preventiva focados no pilar da Epigenética e seus Fatores de Influência, onde a Alimentação Sustentável (nutrigenética), seja o agente “Primordial”.

Seguido de uma atuação de “PREVENÇÃO” em saúde primária, secundária e terciária, que englobam um percurso em Saúde Mental e Dor, Hipertensão, Obesidade, Diabetes e Imunidade, numa conjugação de perfeita harmonia com o meio ambiente.

A NUTRIGENETICA: enquadra os princípios básicos da saúde integral:


A individualidade bioquímica; porque a interação da nossa genética única, da nossa alimentação e dos elementos ambientais, modulam os nossos genes.

O equilíbrio nutricional e a biodisponibilidade de nutrientes; porque as quantidades de nutrientes adequadas ao bom funcionamento do corpo geram uma boa absorção e aproveitamento pelas células.

A relação e interligação em teia, dos fatores fisiológicos; onde todas as funções do corpo estão interligadas. Se houver disfunções dos sistemas, ocorre a doença.

A saúde com vitalidade positiva; porque saúde não é apenas a ausência de doença, mas sim o resultado de diversas relações entre os sistemas orgânicos (sintomas físicos, mentais, emocionais), que podem estar na base do desequilíbrio que gera a doença.

Este processo faz parte de uma metodologia profissional cuidadosa, criada, registada e desenvolvida, pela da Dra. Paula Mouta, no decorrer do seu trabalho e estudos, ao longo de 20 anos (Brasil, Portugal e Angola).

É composto por 7 Ciclos (fases circadianas de 21 dias)

– A Fase 1 / inicia-se com a primeira consulta, onde se faz uma criteriosa avaliação do estado de saúde do paciente. Nesta consulta, prepara-se a consciência do paciente para a necessidade da mudança através da reorganização alimentar de acordo com o perfil fisiológico e social e do biorritmo, feito num ciclo de 21 dias.

Isto é, dá-se início ao acerto do relógio biológico através do Cronobiograma (horas certas para comer).

– As Fases 2 e 3 /consistem em dois ciclos de 21 dias de desintoxicação alimentar (detox) onde se adequam novos alimentos de forma a depurar o sangue e o ambiente gastrointestinal.

– As Fases 4 e 5/ consistem em dois ciclos de 21 dias para a desintoxicação hepática e o acerto dos micronutrientes.

– As Fases 6 e 7 /consistem em dois ciclos de 21 dias para acerto e manutenção do ritmo do cronobiograma, tendo em conta toda uma nova reorganização funcional alimentar, nutracêutica e de bem-estar físico e emocional.

• O nosso corpo fisiológico é influenciado pelo ciclo circadiano, que rege as 24 horas do dia. Essa rotação afeta a nossa saúde e o nosso desempenho diário, o qual é regido por três ciclos de biorritmos ao longo do ano.

1 – O Ciclo Físico, que dura vinte e três dias e afeta o sistema imunitário, a confiança, o impulso sexual e a vitalidade.

2 – O Ciclo Emocional, que dura vinte e oito dias e influencia a criatividade e os estados de espírito, que são regidos pelo funcionamento hormonal.

3 – O Ciclo Intelectual, que tem a duração de trinta e três dias e influencia a função mental.

Ao sermos capazes de escutar o nosso corpo, podemos definir de forma simples a evolução dos ciclos do biorritmo e criar um mapa padrão desse desempenho ao longo de um ano.

Não podemos mudar os nossos genes, mas podemos, através de novos comportamentos, modificar a sua expressão num caminho de sabedoria coletiva.

Os nossos profissionais estão habilitados a cuidar de si com humanidade e dedicação, atuando nas mais diversas áreas de especialidades e cuidados de saúde integral e específica às suas reais necessidades.

Estamos a trabalhar focados em caminhos de investigação e estratégias de promoção de saúde pública preventiva, ativa, sustentável, com o projeto sediado no Hospital de St Louis de Lisboa ”Observatório da Saúde dos Povos” e com apoio de Laboratório social e digital do LaBest Piaget de Almada, colaboramos no EU 2020 Covid19 e somos Membros do Grupo de Interesses do Parlamento Europeu Sobre os “Direitos dos Doentes na Europa e Cuidados de Saúde Transfronteiriços”, através do acordo com a ACN-Active Citizenship Network.

Dra Paula Mouta, Diretora da USPE / https://hslouis.pt/uspe/
Reservados os direitos autorais por registo na SPA e no IGAC.

Pode marcar, através do site, a sua consulta. Devido ao vírus SARS-Cov-2, de momento as consultas da USPE só podem realizar-se online. Preencha o formulário e entraremos em contacto consigo o mais brevemente possível.